Teoria Básica das Estruturas Conceptuais

Wermelinger, Michel Alexandre (1995). Teoria Básica das Estruturas Conceptuais. MPhil thesis Universidade Nova de Lisboa.

URL: http://hdl.handle.net/10362/1138

Abstract

As Estruturas Conceptuais são um formalismo de representação de conhecimentos baseado em grafos, os chamados grafos conceptuais. A teoria foi inicialmente desenvolvida por John Sowa há dez anos. Desde então, uma comunidade científica cada vez mais ampla tem-na utilizado em muitas áreas de aplicação e propôs várias alterações à teoria original. Também está em desenvolvimento uma implementação estado-da-arte gratuita e, além disso, os grafos conceptuais foram adoptados num padrão ANSI em preparação. Apesar desta actividade não existe de facto uma definição formal, completa, consistente e revista da Teoria das Estruturas Conceptuais.

Esta dissertação vem contribuir para essa definição ao estender, refinar e clarificar as noções básicas da teoria. A classificação dos grafos conceptuais em grafos sintacticamente correctos, grafos bem tipados, grafos ontologicamente correctos, chamados grafos canónicos, e grafos verdadeiros é a base da clarificação do significado das várias noções e serve de guia às extensões e aos refinamentos introduzidos. As principais extensões foram feitas no sistema de tipos e no esquema de dependências entre vértices de grafos, e o refinamento de quase todos os aspectos da teoria - em particular das regras de formação de grafos canónicos e das regras de inferência para os grafos verdadeiros - inclui o tratamento formal de algumas propostas informais de outros autores.

[Conceptual Structures is a knowledge representation formalism based on graphs, the so called conceptual graphs. The theory was initially developed by John Sowa 10 years ago. Since then, it has been used by a growing scientific community in many application areas, and several changes to the original theory have been proposed. Furthermore, a freely available state-of-the-art implementation is under way and conceptual graphs were adopted by an ANSI standard currently in preparation. However, there still doesn't exist a complete, consistent and revised formal definition of Conceptual Structures Theory.

This thesis extends, refines and clarifies the basic notions of the theory, thus contributing to its redefinition. The classification of conceptual graphs into syntactically correct graphs, well-typed graphs, ontologically correct graphs, called canonical graphs, and true graphs is the basis for the clarification of the notions' meaning, and it is the guideline for introducing extensions and making refinements. The main extensions proposed regard the type system and the dependencies among graph nodes. The refinements cover almost every aspect of the theory – particularly the formation rules for canonical graphs and the inference rules for true graphs – and include the formal treatment of some informal proposals done by other authors.]

Viewing alternatives

Download history

Item Actions

Export

About

Recommendations